coronavírus banner

O Ministério Público do Amapá (MP-AP) ajuizou nesta segunda-feira (27), ação civil pública para, liminarmente, suspender qualquer pagamento a ser realizado pelo Estado do Amapá de máscaras N-95 para uso no combate da Covid-19, adquiridas, comprovadamente, com sobrepreço. No mérito declarar a nulidade das contratações com pedido de tutela de urgência em desfavor do Estado do Amapá, Superintendência de Vigilância em Saúde Estadual e as empresas contratadas: Equinócio Hospitalar Ltda, Companhia Hospitalar Ltda e M. D. Bahia, todas com sede em Macapá.

A ação foi distribuída para a 1a Vara Cível e de Fazenda Pública de Macapá, sob nº 001476517 2028 03001, pela 2ª promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público, da Probidade e das Fundaçõe de Macapá, submetendo a matéria para análise do Poder Judiciário para que, de maneira urgente, possa suspender qualquer pagamento irregular a ser realizado pelo Estado do Amapá com o objetivo de evitar um prejuízo ainda maior aos cofres públicos.

Após recebimento da denúncia, o Gabinete de Enfrentamento de Crise por meio do grupo de trabalho do eixo finalístico, criado para fiscalizar contratos decorrentes da situação emergencial durante a pandemia de coronavirus, realizou diligências com o objetivo de apurar os fatos, sendo que ao final e com apoio do Núcleo de Inteligência do Ministério Público (NIMP), restou configurado, não só a presença de sobrepreço nas indicadas aquisições emergenciais, mas também a ausência de diversos requisitos legais imprescindíveis para que tais compras fossem efetivamente realizadas.

Os promotores de Justiça Laércio Nunes Mendes e Anderson Batista de Souza, que subscrevem a ação, relatam que, com base nas informações disponibilizadas pelo Portal da Transparência do GEA, verificaram que, entre 20 de março de 2020 e 17 de abril de 2020, o Estado e SVS adquiriram por emergência, mediante dispensa de licitação, máscaras N-95 para uso no combate à Covid-19, cujos preços variaram de R$ 18 até R$ 49,90.

"Como prova cabal e irrefutável da existência de sobrepreço no presente caso, tem-se o relatório de produção de informações nº 01/ 2020 (anexado aos autos) confeccionado pelo próprio Estado do Amapá, por intermédio de sua Controladoria-Geral, no qual afirma-se que as máscaras N-95 adquiridas pela SVS da empresa Companhia Hospitalar Ltda, com custo unitário de R$ 49,90, apresenta um preço exorbitante, sendo inclusive recomendado à referida autarquia que se abstivesse de efetuar os pagamentos das notas de empenho N° 2020NE00113 e 2020NE00119", ressaltam os promotores de Justiça.

Desse modo, incontestável que a SVS e o Estado do Amapá na aquisição do multicitado item, não realizou pesquisa de preços ou a realizou de maneira equivocada, culminando em prejuízo aos cofres públicos, pois adquiriu o produto idêntico por valor exorbitante. Logo, não existe outro caminho a ser tomado que não seja a anulação das compras de máscaras N-95 dotadas de sobrepreço, requer o MP-AP.

"Nessa conjuntura, mostra-se imprescindível a atuação efetiva e firme do Parquet, objetivando prevenir e reparar apropriações e desvio de verbas públicas. (...) In caso, diante da presente constatação de sobrepreço, é necessário, de maneira urgente, suspender qualquer pagamento irregular a ser realizado pelo Estado do Amapá no desiderato de evitar um prejuízo ainda maior ao erário", reforçam Laércio Mendes e Anderson Batista.

GAB-MP-AP/COVID-19

O Gabinete de Enfrentamento de Crise do Ministério Público do Amapá (MP-AP), presidido pela procuradora-geral de Justiça, Ivana Cei, formalizou, através do coordenador do eixo finalístico, promotor de Justiça João Furlan, a criação de cinco Grupos de Trabalho (GT), formado por promotores de Justiça de diferentes áreas de atuação, para intensificar o trabalho do MP-AP no acompanhamento e fiscalização de todas ações do poder público ou iniciativa privada, relacionadas ao enfrentamento da Covid-19, no Amapá.

Leia na íntegra: Ação Civil Pública

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação - Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Coordenação: Gilvana Santos
Texto: Gilvana Santos
Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Diário Eletrônico

Edição Data Visualizar
181/2020 23/09/2020
180/2020 22/09/2020
179/2020 21/09/2020
178/2020 18/09/2020
177/2020 18/09/2020
176/2020 16/09/2020
175/2020 15/09/2020
174/2020 14/09/2020
173/2020 11/09/2020
172/2020 11/09/2020
Ver todos

Canais de Atendimento

Ouvidoria

Promotoria da Saúde

Corregedoria-Geral

Decisões dos Órgãos Colegiados
Res. 173-CNMP

Processos Distribuídos
Res. 110/2014

Sistema Cuidar

Plantões

Espelho do MPAP

Plenário Virtual

Podcast do MP-AP

Mapa das Ouvidorias

Reuniões dos Órgãos Colegiados

Nenhuma audiência agendada para os próximos dias.

Licitações Ao vivo

Nenhuma transmissão agendada para os próximos dias.

Olá! Posso ajudar?
Sofia - Assistente Virtual
Online
  • 02:44     Sofia
    Olá, seja bem-vindo! Meu nome é Sofia, sou assistente virtual do MP-AP.
  • 02:44     Sofia
    Em que posso ajudar? 😊
  • 02:44     Selecione uma das opções