A coordenadora-geral do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude - CAOP/IJ, procuradora de Justiça Judith Gonçalves Teles, acompanhada de sua equipe técnica, realizou no último dia 5 de setembro, na Controladoria-Regional da União no Estado do Amapá, reunião com a finalidade de estreitar relações institucionais e futuramente estabelecer ações conjuntas entre os órgãos.

Na ocasião, a procuradora foi recebida por Osvaldo Trindade Carvalho, chefe da Controladoria-Regional da União no Estado do Amapá e Marcos Roberto Sousa Silva, chefe do Núcleo de Ações de Prevenção à Corrupção. O órgão visitado tem uma extensa agenda de atividades a serem desenvolvidas com vários segmentos da sociedade amapaense, como Conselhos de Direitos, Conselhos de Políticas Públicas, escolas públicas e privadas, dirigentes de entidades da sociedade civil, acadêmicos de Instituições de Ensino Superior – IES, e o público em geral.

Dando continuidade ao diálogo mantido entre a procuradora-geral de Justiça, Ivana Lúcia Franco Cei e o chefe da CGU/AP, Osvaldo Trindade, a coordenadora-geral do CAOP/IJ, Judith Teles, já acenou parceria com a CGU/Regional-AP para o desenvolvimento de ações conjuntas nos momentos de capacitação para conselheiros Tutelares e conselheiros de Direitos da Criança e do Adolescente.

“Os conselheiros de direito devem fazer o controle social da política de atendimento da criança e do adolescente no município. Com a integração entre os órgãos vai ser possível tornar aqueles agentes públicos mais preparados para realizarem as suas ações. Deverão conhecer a forma como o orçamento público se constitui – receita e despesa – além de aprender usar os mecanismos de exercício do controle social. O controle social é a participação do cidadão na gestão pública e à medida que o cidadão interfere na agenda pública quem ganha com isso é a sociedade no todo”, explica a procuradora de Justiça.

O CAOP/IJ deverá também colaborar com a CGU/AP na divulgação da “I Conferência sobre Transparência e Participação Social” com previsão de acontecer nos 16 municípios do Estado. Em 2012, dando continuidade ao processo, deverão ser realizadas as conferências Estadual e Nacional.

A Controladoria-Geral da União desenvolve várias ações, entre elas, a defesa do patrimônio público, auditoria pública, prevenção e combate à corrupção e ao incremento da transparência da gestão no âmbito da administração pública federal.

Assim, a aproximação entre o Ministério Público do Estado e a CGU/AP para o desenvolvimento de ações conjuntas deverá resultar no fortalecimento da sociedade. “Toda e qualquer medida adotada pelos agentes públicos nesse sentido é mais um passo a frente para ampliação da democracia participativa no nosso Estado”, declarou Judith Teles,  e conclui afirmando que a visita foi apenas o primeiro passo de muitos que serão dados futuramente entre o MP e CGU.

SERVIÇO:
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá
Contato: 3198-1616 Email:  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.