Procuradora de Justiça Judith TelesO Centro de Apoio Operacional da Infância Juventude e Educação (CAOP-IJE), em parceria com o Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), Governo do Estado do Amapá e a Prefeitura Municipal de Macapá, inaugurou, no dia 17 de novembro, mais um Núcleo de Práticas Restaurativas na educação.

Desta vez, a escola contemplada foi a E. E. Lucimar Amoras Del Castillo, que recebeu em suas dependências autoridades da educação, Procuradores de Justiça do estado, secretário de segurança, policiais militares de Macapá, além de diretores, professores, técnicos e alunos da entidade escolar. O núcleo visa atuar para a construção e fortalecimento da cultura de paz na escola.

O Núcleo de Práticas Restaurativas é um espaço de acolhimento, cuidado, respeito e amorosidade, que disponibiliza à comunidade escolar o acesso a métodos pacíficos de resolução de conflitos fundamentado nos conceitos, princípios e valores de justiça restaurativa.

O Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Amapá, Dr. Roberto da Silva Alvares, afirma que o MP-AP, em parceria com os órgãos responsáveis, luta por uma causa em favor da salvação de um país, a começar pelo estado amapaense, e que a escola é um lugar de ensinar e aprender, de estender os valores e princípios do berço familiar. PGJ, Roberto Alvares

“Os princípios vêm de casa e a escola expande para o aprendizado que se leva para a vida. A entidade escolar não recebe a transferência do compromisso da família para formar o cidadão, mas contribui com este, eticamente, moralmente e profissionalmente. As escolas não são depósitos de más ações de bandidos, nem logradouros de capturas de bens públicos por meliantes. Os malfeitores tiram das escolas os alimentos e as ferramentas de aprendizagem da população infanto-juvenil, a qual é carente de ensinamentos”, relata.

A Dra. Judith Teles descreve que a importância de um projeto como esse é primordial para ajudar no comportamento dos alunos, e que os profissionais da comunidade escolar podem expandir seus conhecimentos sobre princípios e valores, tornando suas atitudes mais sensatas e justas.

“Dessa forma saberão ouvir e identificar melhor as dificuldades dos estudantes, visando a diminuição do enfrentamento da violência nas escolas”, afirma.

O Secretário de Segurança Pública, Ericláudio Alencar, fez os alunos refletirem sobre a situação atual da violência nas escolas, enfatizando para aproveitarem esse projeto do Ministério Público para que estes não sucumbam, como está acontecendo com muitos jovens em nosso país.

“O MP chegou na hora certa, chamando a atenção de todos os órgãos representados aqui para olharem para a situação nas escolas, que está ficando feia e que precisa haver uma mudança no comportamento dos alunos. Precisamos ser restaurados individualmente, para que possamos contribuir para a restauração da entidade escolar e, consequentemente, com a educação como um todo. Cada escola deve fazer a sua parte, atribuindo a esse projeto”, enfatiza.

A Diretora da E.E. Lucimar Amoras Del Castillo, Eloisa Brito da Silva, agradeceu a parceria do Ministério público, louvando a ação de implantar um núcleo de práticas restaurativas na educação na escola que direciona.

“É muito gratificante receber um projeto desses em minha escola. Me sinto honrada e espero que os nossos alunos aproveitem bastante esta oportunidade de contribuir para trazer paz à escola”, acredita.

Durante a inauguração do núcleo, alunos da escola fizeram apresentações musicais, danças e discursos. Também foi assinado o Termo de instalação do Núcleo de Práticas Restaurativas pelas instituições envolvidas na Cooperação Técnica. Ao final, foram entregues os certificados dos professores e alunos capacitados para atuar como facilitadores e mediadores dentro da escola.

Compuseram a mesa de abertura o Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público do Estado do Amapá, Dr. Roberto da Silva Alvares, a Procuradora de Justiça e Coordenadora do CAOP-IJE, Dra. Judith Teles, o Secretário de Segurança Pública, Ericláudio Alencar, o Tenente da Polícia Militar do Estado, Marcelo Moraes, a Subsecretária de Educação, Profª Sandra Casimiro, e a Diretora da E.E. Lucimar Amoras Del Castillo, Eloisa Brito da Silva.

 

SERVIÇO:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá

Contato: (96) 3198-1616/(96) 8121-6478 Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.