bannerMEIOAMBIENTE 01


Procuradoria Geral de Justiça Promotor Haroldo FrancoHá 26 anos o Ministério Público do Amapá (MP-AP) dava início às suas atividades, atuando, em defesa dos interesses da sociedade. Pela passagem da data, o procurador-geral de Justiça do MP-AP, Márcio Augusto Alves, parabenizou todos os membros e servidores, colaboradores e prestadores de serviço do órgão ministerial, que no decorrer desses anos ajudaram a construir a linda história de luta em prol da sociedade amapaense. O agradecimento em especial é direcionado aos membros pioneiros: os procuradores de Justiça Clara Banha e Jair Quintas.

 

Nesses 26 anos de atuação, o MP-AP notabilizou-se pela defesa contundente dos direitos do cidadão, com a cobrança sistemática do cumprimento da lei. A cada ano, a instituição ampliava sua capacidade de prestação de serviços à comunidade, com instalações modernas e funcionais em quase todos os municípios do Estado.

 

A utilização correta do orçamento institucional possibilitou os necessários investimentos em infraestrutura, capacitação, ampliação do quadro de membros, servidores e tecnologia da informação, resultando no trabalho de qualidade executado cotidianamente em todas as Promotorias.

 

Procuradora de Justiça Clara BanhaOs primeiros passos dessa história, foram dados em 1º de outubro de 1991, conforme está previsto no art. 220 da Lei Complementar Estadual 079/2013, com aCorregedor Geral do MP AP procurador de Justiça Jair Quintas posse da procuradora de Justiça Clara Banha, primeira mulher a comandar o MP-AP. Clara foi escolhida a partir de uma lista tríplice pelo então governador João Alberto Rodrigues Capiberibe, por dois períodos, de março de 1997 a março de 1999, e de março de 1999 a março de 2001.

 

Outro membro propulsor no pioneirismo é o procurador de Justiça, Jair José de Gouvêa Quintas, que também tomou posse em 1º de outubro de 1991. Foi por duas vezes consecutivas procurador-geral de Justiça, de 2001 até 2005,  e quatro vezes corregedor-geral do Ministério Público.

 

Márcio Alves reconhece e enaltece os serviços e a importância de todos na construção desses 26 anos de atividades. “Enquanto PGJ e membro desta instituição só tenho que agradecer a todos os que no decorrer desses anos vêm contribuindo para o fortalecimento e melhorias nos serviços que são destinados para a sociedade. Aqueles que deram os primeiros passos para estarmos aqui hoje, figurando como uma das instituições mais respeitadas. Aos procuradores de Justiça pioneiros, Clara Banha e Jair Quintas, meu muito obrigado!” enfatizou.

 

 

 

SERVIÇO:

Luanderson Guimarães

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá

Contato: (96) 3198-1616

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Diário Eletrônico

Edição Data Visualizar
101/2021 14/05/2021
100/2021 13/05/2021
99/2021 12/05/2021
98/2021 11/05/2021
97/2021 11/05/2021
96/2021 10/05/2021
95/2021 07/05/2021
94/2021 07/05/2021
93/2021 06/05/2021
92/2021 05/05/2021
Ver todos

Canais de Atendimento

Ouvidoria

Promotoria da Saúde

Corregedoria-Geral

Decisões dos Órgãos Colegiados
Res. 173-CNMP

Processos Distribuídos
Res. 110/2014-CNMP

Sistema Cuidar

Plantões

Espelho do MPAP

Plenário Virtual

Podcast do MP-AP

Mapa das Ouvidorias

Reuniões dos Órgãos Colegiados

364ª Reunião do Colégio de Procuradores - 3ª Ordinária de 2021
17/05/2021 09:00:00

Licitações Ao vivo

Nenhuma transmissão agendada para os próximos dias.

Olá! Posso ajudar?
Sofia - Assistente Virtual
Online
  • 18:10     Sofia
    Olá, seja bem-vindo! Meu nome é Sofia, sou assistente virtual do MP-AP.
  • 18:10     Sofia
    Em que posso ajudar? 😊
  • 18:10     Selecione uma das opções