bannerMEIOAMBIENTE 01


Villas e dr MárcioA atuação do Ministério Público do Amapá (MP-AP) no Residencial Mucajá está ajudando a mudar a realidade do conjunto, localizado na Zona Sul de Macapá. O trabalho é desenvolvido desde a ocupação do local, em 2011, na área social, jurídica e agora ambiental, com a doação de tambores que serão usados para colocar lixo. A iniciativa foi do programa MP Comunitário, respondendo às necessidades dos moradores, que se mobilizam junto com o MP-AP e Prefeitura de Macapá (PMM) para melhorar a qualidade de vida dos habitantes do Mucajá.

 

Na última semana, através da Promotoria de Justiça do Meio Ambiente, Conflitos Agrários, Habitação e Urbanismo (Prodemac), foram entregues 43 tambores, que são fruto de multas de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) revertidas em instrumentos para promover educação ambiental. O material irá ajudar a concretizar o trabalho de conscientização ambiental que é realizado com os moradores.

 

Tambores doadosO procurador geral de Justiça, Márcio Augusto Alves, e o promotor de Meio Ambiente de Macapá, Wueber Penafort, estiveram no residencial acompanhando a entrega, que fez parte do projeto Eu Amo o Mucajá, para preservação da autoestima dos habitantes, de iniciativa da Associação dos Moradores do Bloco 11.

 

Os tambores estão distribuídos entre os 37 blocos do conjunto, foram pintados, identificados e fixados nas vias, facilitando a coleta de lixo dos 592 apartamentos. Antes da entrega, o MP-AP e a PMM repassaram as orientações e discutiram com os moradores sobre as dificuldades em organizar o lixo e o resultado do acúmulo. “Os moradores querem mudar as condições de vida e nos chamaram para somar. Construímos com eles uma estratégia dentro de suas realidades, e o resultado é o envolvimento da comunidade com estes projetos”, disse José Villas Boas, gerente do MP Comunitário.

 

Campanha MucajáA Prodemac distribuiu ainda cartilhas educativas com informações e conselhos sobre o meio ambiente e a importância de sua preservação. “No Mucajá as crianças serão os personagens principais dessa mudança, porque estão dentro do processo que começa na escola e levado para as casas. Os moradores recebem apoio do MP-AP e da PMM, que irá retirar o lixo com frequência. A partir de agora a imagem do conjunto sujo e com lixo por todo canto deverá ficar no passado. Esta iniciativa é mais um passo para a cidadania e garantia de respeito”, finalizou o coordenador José Villas Boas.

 

 

 

Serviço: 

Mariléia Maciel

Assessoria Operacional - Caop Ambiental

Contato: (96) 98141-6015

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Diário Eletrônico

Edição Data Visualizar
95/2021 07/05/2021
94/2021 07/05/2021
93/2021 06/05/2021
92/2021 05/05/2021
91/2021 05/05/2021
90/2021 04/05/2021
89/2021 03/05/2021
88/2021 30/04/2021
87/2021 29/04/2021
86/2021 28/04/2021
Ver todos

Canais de Atendimento

Ouvidoria

Promotoria da Saúde

Corregedoria-Geral

Decisões dos Órgãos Colegiados
Res. 173-CNMP

Processos Distribuídos
Res. 110/2014-CNMP

Sistema Cuidar

Plantões

Espelho do MPAP

Plenário Virtual

Podcast do MP-AP

Mapa das Ouvidorias

Reuniões dos Órgãos Colegiados

Nenhuma audiência agendada para os próximos dias.

Licitações Ao vivo

Nenhuma transmissão agendada para os próximos dias.

Olá! Posso ajudar?
Sofia - Assistente Virtual
Online
  • 15:28     Sofia
    Olá, seja bem-vindo! Meu nome é Sofia, sou assistente virtual do MP-AP.
  • 15:28     Sofia
    Em que posso ajudar? 😊
  • 15:28     Selecione uma das opções