unifapO Centro de Apoio Operacional de Defesa da Mulher (CAOP Mulher) do Ministério Público do Amapá (MP-AP) realizou, no auditório da Universidade Federal do Amapá (UNIFAP), na manhã da última terça-feira (21), palestra com o tema: “A violência Doméstica e Familiar contra a Mulher”.

A palestra, que faz parte das ações programadas pelo CAOP Mulher para comemorar os 12 anos da Lei 11.340/06, também conhecida como Lei Maria da Penha, foi ministrada pela promotora de Justiça Alessandra Moro, coordenadora do Centro de Apoio Operacional.

“Levar informação para a sociedade e encorajar a mulher a denunciar e se libertar da situação de violência, são formas de comemorar a edição da Lei”, ressaltou a promotora.
Durante a palestra, foram abordados os avanços da lei, as formas de violência doméstica, o ciclo da violência e o feminicídio.

“É importante que a sociedade conheça o ciclo da violência doméstica, que é divido em três fases: tensão, explosão e lua de mel. Muitas mulheres vivenciam este ciclo por anos e não conseguem pedir ajuda. O mais preocupante é que, em alguns casos, as fases vão se tornando cada vez mais violentas, e se a mulher permanecer em silêncio, o resultado poderá ser o feminicídio”, destacou Alessandra Moro.

Segundo o diretor do Departamento de Desenvolvimento de Pessoas da UNIFAP, Rosivaldo Cruz, o encontro foi de grande relevância, pois tratou de um tema que precisa amplamente ser discutido. “A Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas da UNIFAP agradece ao Ministério Público pela realização da palestra que foi de grande importância para o público presente”

Também integram o calendário de ações do mês de agosto: o mutirão de atendimentos na Promotoria de Defesa da Mulher de Macapá, de audiências no Juizado de Violência Doméstica, e palestras para vítimas de violência doméstica.

 

SERVIÇO:
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.