O Ministério Público Estadual, por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público, ingressou nesta terça-feira, 23, com Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra o prefeito de Macapá, Roberto Góes.

Segundo o promotor de Justiça Afonso Guimarães, no último mês de junho, o prefeito realizou um evento público para a entrega de 800 novas licenças para mototaxistas. Na ocasião, Roberto Góes mandou produzir dois vídeos institucionais, que posteriormente foram exibidos como propaganda institucional na TV Amapá.

Ainda, segundo o promotor, os vídeos fazem a promoção pessoal do prefeito, o que é proibido pela Constituição Federal, e, portanto, se constitui em ato de improbidade administrativa.

O Ministério Público pede na ação a condenação de Roberto Góes, e a devolução em dobro dos R$ 30.051,00 (Trinta mil e cinqüenta e um reais) pagos pela Prefeitura de Macapá para a exibição da propaganda.


SERVIÇO:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá

Fone: (96) 3198-1616. Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Diário Eletrônico

Edição Data Visualizar
178/2020 18/09/2020
177/2020 18/09/2020
176/2020 16/09/2020
175/2020 15/09/2020
174/2020 14/09/2020
173/2020 11/09/2020
172/2020 11/09/2020
171/2020 10/09/2020
170/2020 09/09/2020
169/2020 08/09/2020
Ver todos

Canais de Atendimento

Ouvidoria

Promotoria da Saúde

Corregedoria-Geral

Decisões dos Órgãos Colegiados
Res. 173-CNMP

Processos Distribuídos
Res. 110/2014

Sistema Cuidar

Plantões

Espelho do MPAP

Plenário Virtual

Podcast do MP-AP

Mapa das Ouvidorias

Olá! Posso ajudar?
Sofia - Assistente Virtual
Online
  • 05:29     Sofia
    Olá, seja bem-vindo! Meu nome é Sofia, sou assistente virtual do MP-AP.
  • 05:29     Sofia
    Em que posso ajudar? 😊
  • 05:29     Selecione uma das opções