altO Ministério Público Estadual instaurou investigação contra o prefeito de Macapá, Roberto Góes, por constrangimento ilegal e ameaça ao vereador do município, Washington Luiz Magalhães da Silva. O vereador, em representação formulada ao MP-AP, relatou que vem sofrendo ameaças, desde o ano de 2011, do gestor municipal e de pessoal de sua comitiva.

Segundo Washington Luiz, em sessão ordinária na Câmara Municipal de Macapá, onde seria discutido o afastamento de Roberto Góes, em decorrência de sua prisão pela Polícia Federal, na Operação Mãos Limpas, uma das pessoas que acompanhavam a comitiva do Prefeito, identificada como “Carumbé”, sacou uma arma de fogo e ameaçou de morte o vereador, por este se mostrar a favor do afastamento.

Na representação, ainda é relatado que o secretário de Saúde, Eduardo Monteiro, teria formulado pedido de punição contra o vereador, depois que ele protocolou representação no Ministério Público Estadual e Federal para denunciar indícios de irregularidades na entrega de materiais de saúde junto a órgãos subordinados à Secretaria de Saúde do Município. Washington Luiz narra, também, que, ao tentar fiscalizar o Departamento de Assistência Farmacêutica, foi impedido pelo mesmo secretário.

Segundo o representante, as ameaças continuam e são fundadas no fato de que Washington Luiz Magalhães apresentou notícia-crime contra o gestor municipal, Roberto Góes, e em relação a outros agentes públicos envolvidos com irregularidades na contratação de empresas, desvio de recursos públicos e contratações “fantasmas”.

“Trata-se de uma representação em que a vítima comunica um fato criminoso e requer providência do Estado, no sentido de ver punido o responsável, que apontou como sendo o prefeito de Macapá. Os fatos narrados na mencionada Representação levaram o Ministério Público Estadual a pedir autorização para apuração de dois crimes comuns, previstos no código penal Brasileiro: constrangimento ilegal e ameaça”, explicou o desembargador Carmo Antônio, que acolheu o pedido do Ministério Público para apurar os fatos e autorizou a instauração de Inquérito Policial contra Roberto Góes.


 

SERVIÇO:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá

Contato: (96) 3198-1616. Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Diário Eletrônico

Edição Data Visualizar
73/2021 09/04/2021
72/2021 08/04/2021
71/2021 07/04/2021
70/2021 06/04/2021
69/2021 06/04/2021
68/2021 30/03/2021
67/2021 29/03/2021
66/2021 26/03/2021
65/2021 25/03/2021
64/2021 24/03/2021
Ver todos

Canais de Atendimento

Ouvidoria

Promotoria da Saúde

Corregedoria-Geral

Decisões dos Órgãos Colegiados
Res. 173-CNMP

Processos Distribuídos
Res. 110/2014-CNMP

Sistema Cuidar

Plantões

Espelho do MPAP

Plenário Virtual

Podcast do MP-AP

Mapa das Ouvidorias

Olá! Posso ajudar?
Sofia - Assistente Virtual
Online
  • 16:04     Sofia
    Olá, seja bem-vindo! Meu nome é Sofia, sou assistente virtual do MP-AP.
  • 16:04     Sofia
    Em que posso ajudar? 😊
  • 16:04     Selecione uma das opções