Ambrósio 1O projeto Comunidade Restaurativa – implementado por meio de uma cooperação entre o Ministério Público do Amapá (MP-AP) e o Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap) – realizou, no último sábado (9), a 3ª fase de pintura das casas dos moradores do Ambrósio, na área portuária de Santana. Denominada de ‘Arte na Comunidade’, a ação é realizada em parceria com o ArteAmazon, Prefeitura de Santana, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Marinha do Brasil, Escola Ambiental, Projeto Transformando Vidas e empresas privadas.Ambrósio 6

Coordenado pelo Núcleo de Mediação, Conciliação e Práticas Restaurativas do MP-AP e pelo Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Santana, o projeto visa resgatar a autoestima dos moradores e promover a transformação do lugar. Concomitante às atividades de pintura, outras atividades são desenvolvidas, como o círculo restaurativo com as crianças da comunidade, onde compartilharam histórias e conversaram sobre o valor da família e a força que recebem dos pais.

Ambrósio 15As instituições parceiras doaram 50 kits de pintura, para que os voluntários executassem o ‘Arte na Comunidade’, levando colorido para as casas, por meio da união de todos, procurando restaurar as relações para alcançar o objetivo de promover cidadania e qualidade de vida para milhares de famílias.Ambrósio 31

A juíza Carline Negreiros, titular do Juizado Especial Cível e Criminal de Santana e diretora do Fórum da Comarca, acredita que as diferentes abordagens do projeto Comunidade Restaurativa têm potencial real para mudar a vida no Ambrósio. “Buscamos aqui estimular os moradores a criar um movimento de união, para que entendam que juntos podem tornar o Ambrósio um lugar limpo, organizado, bom de se morar e bem colorido. Com o engajamento de todos, um dia esta comunidade pode se tornar um ponto turístico, um foco de visitação pública”, elaborou a magistrada.

Ambrósio 26Para a coordenadora do Núcleo de Mediação, Conciliação e Práticas Restaurativas do MP-AP, promotora de Justiça Sílvia Canela, é grande a satisfação de ver mais uma etapa concluída e comemorou as novas adesões de moradores. “Estamos trabalhando para restabelecer as relações e, para isso, contamos a com solidariedade de várias pessoas, instituições e empresas privadas. Nosso objetivo maior é resgatar vidas”, manifestou Sílvia Canela.

Apoiaram a ação a deputada Federal Leda Sadala, a deputada Estadual Aldilene Sousa e Goreth Souza, secretária de educação do Estado.

SERVIÇO:

Gilvana Santos

*Com informações da Ascom-Tjap

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá

Contato: (96) 3198-1616

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Diário Eletrônico

Edição Data Visualizar
128/2020 10/07/2020
127/2020 10/07/2020
126/2020 08/07/2020
125/2020 07/07/2020
124/2020 06/07/2020
123/2020 03/07/2020
122/2020 02/07/2020
121/2020 01/07/2020
120/2020 30/06/2020
119/2020 29/06/2020
Ver todos

Ouvidoria

Promotoria da Saúde

Corregedoria-Geral

Decisões dos Órgãos Colegiados
Res. 173-CNMP

Processos Distribuídos
Res. 110/2014

Sistema Cuidar

Plantões

Espelho do MPAP

Plenário Virtual

Podcast do MP-AP

Mapa das Ouvidorias

Olá! Posso ajudar?
Sofia - Assistente Virtual
Online
  • 10:07     Sofia
    Olá, seja bem-vindo! Meu nome é Sofia, sou assistente virtual do MP-AP.
  • 10:07     Sofia
    Em que posso ajudar? 😊
  • 10:07     Selecione uma das opções