Profissionais da Educação participam do “Curso de Formação de Formadores em Justiça Restaurativa”, no período de 22 a 26, no Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), em Santana. O evento é realizado por meio do convênio formalizado, em dezembro de 2017, entre Ministério Público do Amapá (MP-AP), Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP) e Governo do Estado (GEA), através da Secretaria de Estado da Educação (SEED).

A parceria visa capacitar formadores para atuarem na capacitação de facilitadores de práticas restaurativas, junto às escolas públicas do segundo maior município do Estado e, posteriormente, expandir a iniciativa para todo o estado do Amapá.

O desafio assumido pelos parceiros é desencadear um conjunto de ações que promovam a construção de uma pedagogia restaurativa voltada ao fortalecimento dos relacionamentos sociocomunitários; empodere os sujeitos com compõem a comunidade escolar, instrumentalizando-os para o diálogo respeitoso/generoso acerca das situações de conflito e/ou de violência vivenciadas no ambiente escolar.

Na abertura, a secretária da SEED, Goreth Souza, falou do firme propósito de transformar Santana em uma “cidade restaurativa”, a partir do desenvolvimento e estímulo permanente de uma cultura de paz nas escolas e ressaltou a importância do trabalho e resultados positivos apresentados no país.

“Esta formação faz parte de um contexto maior que é programa “Educação para a Paz”, da Secretaria de Educação, que traz um sistema de monitoramento de violência nas escolas e tem como carro chefe as práticas restaurativas, porque os resultados são imediatos”, ressaltou a gestora.

Para a juíza Larissa Noronha, titular na Vara da Infância e Juventude de Santana, as práticas restaurativas estimulam para querer trazer mais pessoas para esse conhecimento que é transformador.

“Desde o início, quando começamos a trabalhar a Justiça Restaurativa, tínhamos um sonho de que a educação se apropriasse desse trabalho e, este momento é maravilhoso porque é o primeiro grande passo nesse sentido”, comemorou a magistrada.

“Quero agradecer à secretária Goreth e toda a sua equipe por terem aderido às práticas restaurativas, porque esse sempre foi um sonho, que a educação se aproprie dessas práticas e, aconteceu. Nós nos reunimos: Ministério Público, Tribunal de Justiça e Secretaria de Educação, para nessa parceria construirmos um mundo melhor. Eu não tenho dúvida que essa construção começa pela educação”, destacou a promotora de Justiça Sílvia Canela, coordenadora do Núcleo de Mediação, Conciliação e Práticas Restaurativas de Santana.

Sobre o curso

Este é o primeiro módulo do curso ministrado pelas convidadas, especialistas em Práticas de Justiça Restaurativas, Violeta Daou e Célia Bernardes, que entre os temas fundamentais, abordarão: reflexão, comunicação não-violenta, postura restaurativa, procedimento de práticas, conversas e círculos restaurativos e exercícios práticos de formação de facilitadores, multiplicadores e formadores. O curso irá capacitar 100 profissionais da rede estadual de educação.

A Justiça Restaurativa é um novo paradigma fundado em princípios, valores, métodos e metodologias alternativas para solução pacifica de conflitos que vai além do ambiente judicial e encontra na comunidade escolar terreno fértil para devolver um conjunto de valores e ferramentas preventivas da violência, atuando diretamente na mobilização de pais, alunos e suas famílias.

 

SERVIÇO:

Gilvana Santos

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá

Contato: (96) 3198-1616

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Diário Eletrônico

Edição Data Visualizar
178/2020 18/09/2020
177/2020 18/09/2020
176/2020 16/09/2020
175/2020 15/09/2020
174/2020 14/09/2020
173/2020 11/09/2020
172/2020 11/09/2020
171/2020 10/09/2020
170/2020 09/09/2020
169/2020 08/09/2020
Ver todos

Canais de Atendimento

Ouvidoria

Promotoria da Saúde

Corregedoria-Geral

Decisões dos Órgãos Colegiados
Res. 173-CNMP

Processos Distribuídos
Res. 110/2014

Sistema Cuidar

Plantões

Espelho do MPAP

Plenário Virtual

Podcast do MP-AP

Mapa das Ouvidorias

Olá! Posso ajudar?
Sofia - Assistente Virtual
Online
  • 05:09     Sofia
    Olá, seja bem-vindo! Meu nome é Sofia, sou assistente virtual do MP-AP.
  • 05:09     Sofia
    Em que posso ajudar? 😊
  • 05:09     Selecione uma das opções