Pequeno CidadaoNa manhã da última sexta-feira, 23, no auditório do Complexo Cidadão da Zona Norte, membros e servidores do Ministério Público do Amapá (MP-AP) receberam alunos da Escola Estadual Modelo Guanabara. A visita faz parte do projeto “Pequeno Cidadão: direitos e deveres”, tendo por objetivo apresentar o funcionamento da instituição para as crianças e incentivar a leitura, por meio da biblioteca do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF).complexo e criancas

 

Com a intenção de tornar a visita mais dinâmica e produtiva para os estudantes do 2º ano do Ensino Fundamental, foram feitas visitas às promotorias de Justiça do prédio, apresentando a atuação destas na garantia de direitos dos cidadãos. Os alunos também puderam assistir a apresentação de Ângela Carvalho, na personagem de Angelita, que fez a leitura de histórias para as crianças.

 

visita das criacasO procurador de Justiça Nicolau Crispino, coordenador do CEAF, motivou as crianças falando sobre a importância de ler. “Queremos trazer a ideia de livros para vocês, incentivando a leitura. Apresentando esse universo importante para construção e formação pessoal do indivíduo”, frisPaulo Celso e criancasou.

 

Segundo o promotor de Justiça Paulo Celso Ramos, a programação consegue dar visibilidade aos trabalhos da instituição, mostrando às crianças a existência de um órgão que luta pelos direitos do cidadão. “A partir do momento em que a criança passa a entender o que é o Ministério Público e que ela pode buscar esse órgão para lutar por seus direitos, ela também passa a ser parceiro da gente, porque ela vai informar a família à existência de um órgão que luta pelo cidadão e seus direitos. A ideia de construir conhecimento e mostrar a instituição deve ser feita na base, que é a criança”, destaca.

 

Durante a programação, também houve sorteio de brindes para os participantes e distribuição de livros e cartilhas para todos.

 

Ascom/MP-AP

Contato: (96) 3198-1616

Email:Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

twitter: MP_AP

Facebook/ministeriopublicoap