PNBL3Os servidores Gilberto Souza de Almeida, Diretor da Divisão de Desenvolvimento de Software e Eder Ney Gouvêa Quintas, Chefe da Seção de Projetos de Sistemas, assistiram na última sexta-feira (01/06) às 10h no Auditório do Museu Sacaca, o lançamento do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) no Amapá.

De acordo com o Presidente da Telebrás, Caio Bonilha, o PNBL será inicialmente instalado em Macapá em parceria com a empresa Você Telecom através de transmissão via rádio, porém até o final de 2013 o serviço de Internet de banda larga será totalmente realizado, utilizando como meio a fibra ótica. 

Segundo o Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, o PNBL1objetivo do Governo é prover internet de alta velocidade e baixo custo (R$-35,00 por Mbps) contribuindo para diminuir as desigualdades regionais, especialmente no Amapá onde os custos para o acesso à internet são muito acima da média do mercado.

O Governador do Estado, Camilo Capiberibe, antecipando a instalação do PNBL ao Amapá por fibra ótica, anunciou o início da instalação das obras de infraestrutura da rede de fibra ótica no Amapá, através da Guiana Francesa pelo trajeto Caiena/Saint-Georges/Oiapoque/Calçoene/Macapá a ser realizada pela empresa de telefonia Oi e a empresa Guaycom, representada no evento por Christine Chung. De acordo com a direção da empresa Oi, as obras serão concluídas até dezembro de 2012.

PNBL2Segundo Gilberto Almeida, o conceito de banda larga é caracterizado pela disponibilização de infraestrutura de telecomunicações que possibilite tráfego de informações contínuo, ininterrupto e com capacidade suficiente para as aplicações de dados, voz e vídeo mais comuns ou socialmente relevantes. É dever do Estado e direito do cidadão.