MinicursoMembros e servidores participantes

 

O Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF) do Ministério Público do Amapá (MP-AP) promoveu nesta sexta-feira (23), no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça - Promotor Haroldo Franco, o minicurso sobre “Crimes Cibernéticos”, ministrado pelo coordenador do Núcleo de Combate aos Crimes Cibernéticos (Nucciber) do Ministério Público da Bahia (MPBA), promotor de Justiça Fabrício Patury. O objetivo é capacitar membros e servidores para utilização das ferramentas disponíveis para investigação de crimes praticados no ambiente virtual.

 

 

Dr NicolauO coordenador do CEAF, procurador de Justiça Nicolau Crispino, falou sobre o conteúdo disponibilizados pelo palestrante durante a realização do minicurso e agradeceu pela oportunidade de poder agregar novos instrumentos para melhorar a atuação do Ministério Público do Amapá.

 

“Queria dar as boas-vindas ao promotor Fabrício Patury e agradecer por nos conceder esses conhecimentos acerca do direito digital. Agradeço ao procurador-geral de Justiça, Márcio Alves, à chefa de gabinete, promotora de Justiça Gisa Veiga, e à secretária-geral, promotora de Justiça Ivana Cei, por nos propiciarem esta oportunidade ímpar”, saudou Crispino.

 

 

Fabrício PaturyFabrício Patury informou sobre a metodologia de trabalho e sobre o tema da palestra com abordagem para a importância das provas digitais, que estão tendo reflexos nos diversos ramos do direito, e que podem ser obtidas por meio de pesquisas utilizando dados disponíveis nos equipamentos eletrônicos, bem como por meio da conexão com a rede mundial de computadores. 

 

“É um imenso prazer voltar ao norte, especialmente por trazer esse tema tão importante dentro da sociedade atual. É preciso ter consciência de todos os perigos e quais são os nossos direitos e deveres acerca do mundo digital, todos nós estamos de alguma maneira, conectados no mundo cibernético. É difícil algum indivíduo hoje em dia não possuir um smartphone na palma da mão(...). Nosso objetivo hoje aqui é orientar membros e servidores de como levantar provas cibernéticas”, manifestou o especialista.

 

PGJ

 

O PGJ falou do avanço tecnológico e da necessidade de investir em capacitação nessa área em função do crescente número dos crimes digitais nos últimos anos. “As formas de sofrer golpes e ter os dados sequestrados na rede mundial de computadores são diversas, e nós precisamos ter um parquet preparado para utilizar essas informações para solucionar crimes e beneficiar a sociedade por meio desse conhecimento”, pontou Márcio Alves.

 

 

 

 

SERVIÇO

Gilvana Santos

Assessoria de Comunicação do MP-AP

Contato: (96) 3198-1616

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Diário Eletrônico

Edição Data Visualizar
37/2020 27/02/2020
36/2020 21/02/2020
35/2020 20/02/2020
34/2020 19/02/2020
33/2020 18/02/2020
32/2020 18/02/2020
31/2020 14/02/2020
30/2020 13/02/2020
29/2020 12/02/2020
28/2020 11/02/2020
Ver todos

Corregedoria-Geral

Decisões dos Órgãos Colegiados
Res. 173-CNMP

Sistema Cuidar

Plantões

Espelho do MPAP

Plenário Virtual

Reuniões dos Órgãos Colegiados

Nenhuma audiência agendada para os próximos dias.

Licitações Ao vivo

Nenhuma transmissão agendada para os próximos dias.

Olá! Posso ajudar?
Sofia - Assistente Virtual
Online
  • 21:02     Sofia
    Olá, seja bem-vindo! Meu nome é Sofia, sou assistente virtual do MP-AP.
  • 21:02     Sofia
    Em que posso ajudar? 😊
  • 21:02     Selecione uma das opções